> CASAPONTOCOME: Coisas de Aveiro

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Coisas de Aveiro


Vivi muitos anos da minha vida no distrito de Aveiro e só quando de lá saí, me apercebi que há coisas que são mesmo típicas de lá! E não me estou a referir a nada de tão óbvio como os ovos moles… São "coisas de Aveiro"!

Coisa típica nº 1 – “Os cachitos e o pão de Jamón”

Este foi um meus primeiros choques quando cheguei a Vila Real, caloira de 17 aninhos, e pedi, numa pastelaria, um cachito. O senhor ficou a olhar para mim como se eu tivesse acabado de fazer o pedido em chinês e perguntou “Um quê, menina??” Acho que ainda lhe tentei explicar mas devo ter acabado por comer uma tosta-mista ou qualquer coisa do género…

O cachito é um delicado salgado, de massa muito fofa, num formato mais ou menos equivalente ao do croissant, mas mais fino. É recheado de carne picada (mas de fiambre, chourição e esses enchidos, e não de carne picada cozinhada, como no caso dos pastéis de Chaves…)

O pão de jamón é diferente: é uma espécie de torta, feita de uma massa equivalente à do cachito, mas no recheio leva, para além de algumas fatias de fiambre, paio, presunto e outras, passas e azeitonas. Tem portanto qualquer coisa de agridoce. Mas cuidado! Porque pode ser um perigo para quem não conhece: há padarias onde lhe põem, no recheio, azeitonas com caroço, o que requer algum cuidado durante a mastigação…

Estas duas pequenas iguarias têm origem venezuelana e são o reflexo de uma grande vaga de emigração para esse país, nas décadas de 50, 60, partindo da zona de Aveiro. Quando voltaram, muitos emigrantes abriram as suas padarias, onde fabricavam estas maravilhas. E nós agradecemos!

Coisa típica nº 2 – “As tripas de Aveiro”

Bem, estas “tripas” são mais das praias do que propriamente de Aveiro. Na Costa Nova e na Barra, as duas praias mais próximas da cidade, há várias barraquinhas onde se vendem as tripas.

No fundo são panquecas grossas, mal cozidas, dobradas em forma de embrulho rectangular e recheadas com os mais diversos pecados, dos quais destaco, logicamente, o mais mortal deles todos: o recheio de ovos moles!
A massa é a mesma da bolacha americana, mas em camada mais grossa e mal cozida na máquina. Parte do prazer é observar a confecção, diante dos nossos olhos: depois de algumas dobras feitas com rapidez, com o recheio eleito pelo cliente lá no meio, a tripa é ainda polvilhada com canela e vem para as nossas mãos quentinha a escaldar! É das queimaduras de língua mais saborosas!

Coisa típica nº 3 – “A empalhada”

Mais uma especialidade tão facilmente exportável para outras regiões do país, mas não vejo sinais…

Ora a empalhada é simplesmente o melhor acompanhamento para uma cervejinha fresca, num fim de tarde de Verão, numa qualquer esplanada.

Consiste numa mistura, mais ou menos equilibrada, de tremoços, amendoins e azeitonas. Há sítios onde já só as fazem com tremoços e amendoins, mas a completa, é a melhor!


Coisa típica nº 4 – “O cheiro a Cacia”

Quando se está mesmo a chegar a Aveiro de comboio, pára-se numa estação. As portas abrem, e eis que um cheiro pestilento, levemente parecido com couves cozidas, invade as carruagens – estamos em Cacia!

O cheiro só é “de Cacia” porque a Portucel lá decidiu implementar a sua fábrica de papel nos anos 50. Em toda a região, mesmo a dezenas de quilómetros, é possível sentir ocasionalmente o famoso cheiro. Os locais costumam até associar-lhe previsões meteorológicas, do género: “Amanhã vai chover, cheira a Cacia…”

Descrever o cheiro é praticamente impossível, mas digamos que uma vez que se cheire, não mais se esquece…

6 comentários:

  1. Desconhecia que o pão de jámon era típico de Aveiro. Ai, ai.... agora fiquei ogada pela tripa. Quando chegar a Portugal, vai uma tripa com chocolate. E as do "ZÉ da Tripa" são as melhores. A primeira tripa que me lembro há venda em Aveiro, era num carrito ambulante, que por sinal estava fixo no parque municipal de Aveiro, junto das paragens dos autocarros. Ainda julgo que lá se encontra. Custou-me há mais de uma dezena de anos 20$00 (escudos).
    Um bem-haja à casa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hehe "ogada pela tripa" é bom!
      Bem o pão de Jamon, típico, típico deve ser da Venezuela... mas tenta lá encontrar um em Lisboa, ou no Porto, ou por aí fora... Ah pois! Eu era mais os cachitos, o quanto que "oguei" em Vila Real... :)

      Eliminar
  2. Eu vou sabado à Aveiro.
    Onde compras em Aveiro os cachitos e o pao de jamon?
    Agradeço um email para dsousa77@hotmail.com

    Gracias!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enviei algumas sugestões para esse mail. Se tiver alguma dúvida, diga. Boa visita!

      Eliminar
  3. Tudo excelente, mas falta os passeios de barco moliceiro pelos visto ainda não fez

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso nunca fiz! Quando lá vivia achávamos isso "coisa de turistas". Agora que me mudei, até gostava, vou pensar nisso! :)

      Eliminar