> CASAPONTOCOME: Maquilhagem

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Maquilhagem

Já passei dos trinta, mas ao ver as caras das adolescentes de hoje em dia, concluo que acordei para a maquilhagem um pouco tarde! Foi no meu casamento, quando descobri que havia maquilhadoras a cobrar centenas de euros pela maquilhagem da noiva, que percebi que teria de fazer alguma coisa… alternativa.

Quem me conhece, sabe bem que detesto pagar valores absurdos por coisas absurdas, portanto pus mãos à obra. Horas e horas de Internet, horas e horas de testes, tentativas e alguns produtos mais tarde, cheguei aonde queria: um resultado natural mas melhorado! Com a vantagem de gastar muito menos de 100€ em produtos e de poder ficar com eles e usá-los noutras ocasiões, o que não teria acontecido da outra forma.

A partir daí, apercebi-me das diferenças entre uma “cara com qualquer coisinha” e uma “cara lavada”, portanto, rendi-me à maquilhagem. Não uso todos os dias, mas sempre que me quero sentir mais bonita, um pequeno nada faz uma grande diferença! E há dias em que essa diferença é maior…

Para ocasiões mais especiais, posso explorar outros truques e passar um pouco mais de tempo à frente do espelho. Divirto-me imenso e, para mim, fica tudo completamente diferente. O marido, claro, acha que está tudo quase igual… Mas o importante é o quase.

Conseguem ver a diferença nos meus olhos, antes e depois? Pois é... quase!


4 comentários:

  1. Olá! Sem dúvida que a maquilhagem faz muito por nós! Nota-se logo na segunda foto que tens o olhar mais luminoso e umas pestanas incriveis! Eu também gosto de me colocar em frente ao espelho e experimentar algo novo!
    Os homens realmente não percebem nada de nada!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  2. Hehe, os homens percebem lá das suas coisinhas, mas de maquilhagem, realmente... não me parece, pelo menos alguns! ;)
    O que eu me tenho divertido com a maquilhagem neste último ano!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Efectivamente, nota-se a diferença!
    Mas, já discordo parcialmente da parte dos homens. Há homens que reparam e bem. Muitas das vezes não querem dar a mão à palmatória.
    Um bem-haja à casa!

    ResponderEliminar