> CASAPONTOCOME: A dona da casa: eu.

terça-feira, 25 de julho de 2017

A dona da casa: eu.


Eu, o assunto sobre o qual acabo sempre por evitar escrever aqui.
Quando comecei este blog, em 2011, queria só ter um sítio para escrever e algo para me ocupar o tempo, que, de repente, me sobrava.
Sempre escrevi como “Dulcamara” ou “Dona da casa” para manter um certo secretismo sobre mim.
Agora, 6 anos depois, sinto que a energia é diferente, é mais de abertura e de partilha. Se eu gosto de ler e de conhecer um bocadinho mais sobre quem escreve, acho que devo isso a quem me segue aqui também.
Estou a trabalhar para que o blog e as nossas páginas no Facebook me acompanhem nesta mudança e convido-vos a virem comigo.

Em primeira mão, a minha apresentação:

Chamo-me Cláudia e nasci em 1978, no Alentejo. Trago-o no coração até hoje e sirvo-o à mesa em ocasiões especiais. 
Com 5 anos mudaram-me para a zona de Aveiro e com 17 mudei-me para Trás-os-Montes para estudar, na mais bela Universidade de Portugal. Vivo no Minho desde os 30 e também aqui me sinto em casa.
Sou viciada na escrita, em música e em boa comida.
Sou extremamente crítica relativamente a quase tudo o que me rodeia, mas o meu maior alvo sou eu própria.
Acredito que a vida é curta para se perder tempo com coisas que não nos fazem felizes.

Há um indivíduo que me atura há 18 anos, aqui designado por “Homem da Casa” e em troca, eu aturo-o a ele também. Pelo caminho casámos mas, felizmente, isso não mudou nada.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Procurar, aqui na casa