> CASAPONTOCOME: Cabelos à solta

sábado, 28 de abril de 2012

Cabelos à solta


E hoje assisti a mais um exemplo da total falta de formação cívica que vai proliferando alegremente por aí. Devíamos todos ter desconfiado que isto era grave, quando se teve de inventar uma disciplina na escola para ensinar o que devia ser ensinado em casa…



Estava eu a nadar relaxadamente na piscina do ginásio, quando fui atraída pelos guinchinhos de duas crianças na pista ao lado. Nada de estranho nos tempos que correm, em que os pais parecem sofrer de surdez progressiva e são aparentemente imunes a estas manifestações sonoras dos seus rebentos. Era uma família inteira a brincar na piscina: pai, mãe e as duas “piquenas”. Continuei a nadar, agradecendo o facto de usar tampões nos ouvidos. 

Passado algum tempo, fiz uma pausa na parte funda, a ganhar coragem para mais uma pista, quando reparo que as meninas guinchantes, estavam agora, ambas sem touca, a dar mergulhos em direcção à mãe, que as recebia dentro de água. “Ai coitadinhas, que eram pequeninas e carecas.” Não propriamente, uma devia ter 8 e a outra uns 10 anos e ambas tinham cabelo comprido e bem comprido.

Ora eu não ando de touca para ficar mais sexy, ou para a condizer com o fato de banho, até porque ainda estou para conhecer alguém que fique bem de touca. Eu uso touca por respeito aos outros frequentadores da piscina, que não têm obrigação nenhuma de nadar por entre cabelos de gente desconhecida e porque é uma regra de civismo imposta pelo próprio ginásio. Em quase dois anos, foi a primeira vez que vi uma cena destas por lá, mas o que mais me chocou não foi obviamente as crianças terem decidido tirar as toucas, foi a total indiferença dos pais ao facto de as filhas andarem a espalhar cabelos na água onde todos nadamos. Várias pessoas pararam para olhar para aquilo e nem assim houve qualquer reacção.

E durante um bom quarto de hora, as pirralhas mergulharam e nadaram, extasiadas, a espalhar cabelos pela água, perante os gritos de incentivo da mãe: “Agora deixa a tua irmã saltar! Boa! Agora tu!”, e as caras de espanto dos restantes nadadores.  

Será que existe formação cívica para adultos? Uns workshops em horário pós-laboral… nada má, esta ideia. O título podia ser: “Porque você não está sozinho no mundo”, ou “Respeite os outros para ser respeitado”. ou ainda “Pense um bocadinho, vai ver que não dói nada”.

3 comentários:

  1. Olá :)
    Andava eu a fazer a ronda de fim de semana pelo facebook quando... tcharammmmm Será que este blog é mesmo dela?! Então comecei a cuscar e fui ver a foto de perfil, acontece que eu já tinha visto aquelas pernas antes (no facebook). E pensei é ela.
    Que fofa professora, parabéns pelo seu Blog, é giiiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. lol Está então confirmado: sou eu! hehe Agora que já sabe, pode visitar sempre. :) Beijinhos

      Eliminar

Procurar, aqui na casa