> CASAPONTOCOME: Dezembro, cheio de luz

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Dezembro, cheio de luz


E já chega! Tenho tentado adiar a minha escrita para um dia em que pudesse escrever sobre uma boa notícia, um novo dia de trabalho, um início de um novo desafio profissional… mas já chega. Porque não escrever também sobre dias menos bons, se todos passamos por eles? Já lá vão 6 meses em busca de nova colocação profissional. Vejo agora que manter o optimismo e os pensamentos positivos, pode ser complicado depois de tanto tempo sem que nada corra como queremos. Descobri que procurar emprego neste país, nos tempos que correm, pode ser uma tragédia tão grande que quase parece uma comédia. 
Às vezes entro num comboio de pensamentos pessimistas, onde me lembro da minha idade, de tudo o que estudei e aprendi, de todas as competências profissionais que fui somando ao longo dos anos e no quanto que não faz sentido nenhum estar em casa. Mas depois, lá do fundo, vem uma voz baixinha que se vai tornando maior: saúde, amor, carinho, amigos, energia… E realmente nada disto me falta, sou tão rica em tudo o resto, que só posso rir e sorrir na cara do pessimismo. Assim se cala o lado negativo e se vai subindo pela corda da felicidade! É Dezembro; Vai ser Natal independentemente de tudo o resto; Há outras festas cá em casa e muita luz por todo o lado. Basta manter a nossa luz interior bem acesa e tudo o que for escuro desaparece. Simples! 

2 comentários:

  1. I've thought about him a lot less than I should of and I know that aint right neither. I had two dreams about him after he died. I dont remember the first one all that well but it was about meetin him in town somewheres and he give me some money and I think I lost it. But the second one it was like we was both back in older times and I was on horseback goin through the mountains of a night. Goin through this pass in the mountains. It was cold and there was snow on the ground and he rode past me and kept on goin. Never said nothin. He just rode on past and he had this blanket wrapped around him and he had his head down and when he rode past I seen he was carryin fire in a horn the way people used to do and I could see the horn from the light inside of it. About the color of the moon. And in the dream I knew that he was goin on ahead and that he was fixin to make afire somewhere out there in all that dark and all that cold and I knew that whenever I got there he would be there. And then I woke up.

    ResponderEliminar

Procurar, aqui na casa