> CASAPONTOCOME: Castelos de areia

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Castelos de areia


E estamos de volta! Mais uns dias de sol, calor, novas paisagens e muita, muita praia. 
Depois de me dedicar a tratar das fotos, prometo que aqui deixo um pedacinho do que vimos por lá.
Ao passear pelos areais de nuestros hermanos, recordei os prazeres de brincar na areia. Eu própria já senti vontade de fazer castelos de areia na praia, coisa que não faço há muitos anos. Como ainda não tenho filhos, sei que seria um pouco ridículo comprar um baldinho e umas formas e ir sozinha para a beira-mar, fazer construções na areia, portanto contenho-me e não o faço. 
Comecei então a reparar nos pais que brincam com os seus rebentos na praia. É impressionante o ar alegre com que se enchem forminhas com areia húmida, a energia com que se escavam buracos, valas, mini-piscinas… Os castelos de formas diversas, enfeitados ou não com conchas e algas… Os sorrisos rasgados face à obra concluida. Dos miúdos? Não… dos adultos!
Reparando bem, a cara de alegria dos pais supera muitas vezes a dos filhos, que são encarregues de ir buscar mais água, mais areia “da seca”, para se atingir a consistência perfeita. Enquanto isto, o pai, sentado de rabo na areia, agita o ancinho e a pá, alisa as ameias, escava o fosso perfeito, de faces coradas e sorriso gigante.
A espécie humana é de facto surpreendente. E, às vezes, pela positiva. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Procurar, aqui na casa